Páginas

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Os médicos queriam desligar os aparelhos desta bebê em coma. Mas, após seu pai os impedir, algo inesperado aconteceu.


Uma menina de apenas um ano, identificada apena como Marwa, estava em coma induzido desde setembro deste ano, em um hospital em Marselha, na França, após ter contraído um vírus.

No momento em que estavam prontos para desligar os aparelhos de suporte à vida, os médicos foram impedidos pelo pai, ao passo que a criança acabou acordando do coma, segundo informações do jornal Daily Mail.




Os médicos tinham intenção de afastá-la das máquinas porque temiam que ela acordasse com graves problemas de funcionamento cerebral. Os pais, naturais da Argélia, por outro lado, não estavam prontos para desistir e procuraram apoio judicial para mantê-la viva pelo maior tempo possível. Assim, após receber uma extensão de dois meses, Marwa acordou, desafiando todas as expectativas médicas.



Uma campanha, nomeada como “Not without my Marwa”, reuniu mais de 114 mil assinaturas. As autoridades do governo decidiram a favor de uma “extensão de cuidados”, dando-lhe dois meses de acréscimo. No entanto, os médicos argumentaram que ela nunca iria conseguir respirar novamente sem aparelhos.
Contudo, Marwa acordou e, de acordo com sua mãe, com os órgãos funcionando como deveriam. Em entrevista a um site de notícias locais, seu pai afirmou que o tratamento continua. “Vemos progresso todos os dias, e isso nos dá muita esperança”, disse. “Quando eu falo, ela ouve minha voz, reage e às vezes sorri”.
Os comas induzidos são feitos para proteger o cérebro após lesões cerebrais traumáticas ou vírus devastadores. Para isso é necessário um tipo de droga que desativa o cérebro e o impede de responder por conta própria. A respiração e pressão arterial são mantidas por meio de medicações.
A alta pressão causada pelo inchaço do cérebro pode privar algumas áreas de oxigênio, mas um coma induzido pode ajudar a reduzir a inflamação. No caso de Marwa, o cérebro não estava respondendo a o coma, o que fez os médicos assumissem que ela estava sofrendo problemas neurológicos como resultado.

Informações: Daily Mail
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário