Páginas

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Os exames mostravam que algo não ia bem. Quando os médicos veem o que ele tinha na boca, eles fazem uma pergunta fatídica aos pais.


Imagem de reprodução
Algo que todo pai e mãe sabem é que o bebê mais lindo do mundo é o nosso. Por isso, não conseguimos não nos ofender quando alguém faz algum comentário sobre ele que não nos agrada. Mas se o comentário é algo tão ruim como "o que tem de errado com a cara do seu filho?", a situação toma outras proporções. 





Os norte-americanos Sara Heller e Chris Eidam esperavam seu primeiro filho, o qual chamariam de Brody, quando o médico lhes mostrou um ultrassom em que algo não parecia bem. Ele avisou que o filho deles teria algum tipo de defeito congênito que o afetaria por toda a vida. Mas quando o médico lhes perguntou se eles gostariam de interromper a gravidez, o casal foi bem claro: "Se nosso filho nascer respirando, isso é o suficiente para deixarmos que ele nasça."
Brody efetivamente veio ao mundo, mas o fez com uma doença muito rara da qual só se conhecem 9 casos em todo o mundo. O pequeno sofre de fissura labiopalatal e síndrome de deleção cromossômica. Isso faz com que sua aparência não seja como a dos outros meninos, mas sua família, longe de se envergonhar, compartilha diariamente fotos do filho com todos seus amigos do Facebook. 


E, claro, quase todos se encantam com as fotos do pequeno. Mas nem todos: um comentário foi especialmente doloroso, o já mencionado "o que tem de errado com a cara do seu filho?". Sara simplesmente respondeu educadamente, mas o fato é que o comentário os chocou muito, já que não podiam acreditar que, com apenas 4 meses, o filho já havia sido vítima de bullying. 



Alguns dias depois, Sara, Chris e seu filho foram jantar com uns amigos em um restaurante. A lembrança do comentário doloroso ainda flutuava pela mente dos jovens pais, que se preocupavam pelo futuro do filho, conscientes de que sua aparência poderia lhe causar problemas de aceitação. 



Mas quando a garçonete lhes trouxe a conta, eles teriam a maior surpresa de suas vidas. "A mesa ao lado quer lhes dar este presente", ela disse. Sara pensou que se tratava apenas de uma mensagem escrita em um guardanapo. Mas não, era algo mais: um cheque no valor de 1000 dólares! O destinatário era "seu bebê lindo". 
O doador anônimo já tinha ido embora quando eles viram a surpresa, por isso eles nunca puderam agradecê-lo. Esse gesto de altruísmo realmente honra quem o fez. Esses 1000 dólares serão usados para pagar pelas cirurgias estéticas pelas quais o pequeno terá que se submeter. 
O fato de que alguém teve a crueldade de fazer um comentário desses sobre seu filho entristeceu esses pais jovens, mas por sorte logo descobriram que nem todos são assim. Graças ao desconhecido do restaurante, Sara e Chris recuperaram sua fé na humanidade em um instante! Esperamos que o pequeno se recupere da melhor forma possível e que as cirurgias não deixem sequelas. 

Fonte: 

liftable.com, littlethings



, via não acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário