Páginas

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Mulher vai ao salão de beleza fazer as unhas e desenvolve feriadas bizarras na pele. O motivo disso, ninguém pôde imaginar.


Imagem de reprodução
Samantha Payne, da Virginia, EUA, em 2012 procurou um salão de beleza, Red Nails of T & I, em Richmond, para fazer as unhas dos pés. No entanto, três semanas mais tarde, ela desenvolveu feridas na pele de origem micobacteriana.











Ao saber disso, logo registrou queixa contra o salão, que, após uma investigação, teve sua licença de funcionamento revogada, de acordo com informações do jornal Daily Mail. Payne também não hesitou em mover uma ação contra o salão, e recentemente recebeu cerca de um milhão de dólares em danos compensatórios e U$ 50 mil em danos punitivos. O salão agora é chamado apenas de Red Nails.
A infecção bacteriana em questão lhe causou furúnculos nas pernas, os quais precisaram ser retirados por meio de cirurgia, deixando cicatrizes. Payne então apresentou uma queixa ao Virginia Board for Barbers and Cosmetology, que investigou o caso e revogou a licença do salão à época, afirmando negligência ao não limpar as cadeiras de pedicura.


A proprietária original do salão, Thu-Huong Thi Vo, não quis gravar entrevista com a mídia local, bem como não compareceu ao julgamento do processo que ocorreu recentemente e através de um advogado, negou todas as acusações.


Informações: Daily Mail, NCB12 via jornal ciência
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques