Páginas

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Nenhum bebê chora nessa creche. Quando esta mãe descobre o motivo, ela fica apavorada.


Imagem de reprodução
A americana Dayna Mager se tornou recentemente a mamãe orgulhosa da pequena Luella. Sua bebê é a coisa mais linda do mundo. Particularmente, desde que ouviu uma história tenebrosa sobre esta creche, ela prometeu à sua filha que sempre estaria com ela.

"Há várias semanas eu corri para o berço na esperança de acalmar minha filha, que estava gritando, com o dentinho nascendo e com o rosto vermelho cheio de lágrimas."



Depois, Dayna explicou por que sempre dorme ao lado de sua filha:
"Em uma das primeiras vezes que Matt e eu deixamos Luella sozinha, foi para irmos a um centro de adoração. Na conferência, um missionário compartilhou sua história, e me balançou profundamente:


"O missionário viveu em um orfanato em Uganda e já havia passado por muitos outros, mas aquele era diferente. Ele entrou em um berçário com mais de 100 berços com bebês dentro. Ele ouviu com surpresa e estranhou que o único som que se podia ouvir era o som do silêncio. Isso é pra lá de estranho em QUALQUER berçário, quanto mais em um com mais de 100 crianças. Ele se virou para a sua acompanhante e perguntou o porquê do silêncio. A resposta que ela lhe deu é algo que eu nunca, jamais irei esquecer. Por causa dessa resposta, eu me deitei com minha filha em seu berço. Ela se virou para ele e disse: 'Eles ficam aqui por uma semana e choram continuamente. Depois, percebem que ninguém virá socorrê-los, então eles param...'
"Os bebês param de chorar quando se dão conta de que ninguém virá. Nem em 10 minutos, nem em 4 horas, e, talvez, quem sabe, nunca. Essa história partiu meu coração. Eu literalmente poderia ter pego os pedaços do meu coração destroçado."
"Nós voltamos para casa e, naquela noite, enquanto Luella descansava seu corpinho de 4,5 kg sobre o meu, eu fiz uma promessa a ela. Prometi que sempre iria até ela quando ela me chamasse. Sempre. Às 2:00 da manhã, quando seus gritos soarem na babá eletrônica, eu irei acudi-la. Sempre estaremos presentes para ela e sempre iremos ao seu encontro quando ela precisar de nós."



A história desse orfanato machucou o coração de Dayna. Desde aquele dia, ela manteve sua promessa. Ela está realmente sempre ao lado de Luella, mesmo que isso signifique acordar no meio da noite para ir se deitar com ela.




Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário