Páginas

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Mulher de 39 anos desiste de raspar os pelos, assume barba grande e diz: "Me sinto bonita"


A norte-americana Rose Geil, de 39 anos, decidiu aderir à barba após anos de luta contra uma condição que provoca o crescimento excessivo de pelos pelo rosto.

Aos 13 anos, a norte-americana Rose Geil começou a sofrer com excesso de pelos e passou a raspar o queixo, bochechas e lábio superior. Após muitos anos de procedimentos para se livrar dos pelos, ela decidiu deixar de impedir o crescimento e assumir uma barba.

"Deixar minha barba crescer me deixou mais autoconfiante", diz ela, segundo o The Sun. "Eu me sinto bonita com minha barba de um jeito que nunca me senti antes.


Aos 39 anos, a mulher relembra que já deixou de fazer muitas coisas por medo de que as pessoas descobrissem o que, antes, para ela era um problema. Constatemente negava convites para dormir fora com as amigas por receio de acordar com a barba por fazer e não se encaixava em nenhum grupo. "Eu era uma espécie de pária na minha escola, pois não me encaixava nem usava as roupas e maquiagem certas. Mas meus amigos nunca souberam porque escondi muito bem", explica.

Rose diz que só anos mais tarde percebeu o impacto de sua decisão de se esconder. "Eu pensei que era apenas uma angústia adolescente normal", analisa.
Ela chegou a passar por diversos tipos de tratamentos, incluindo hormonal, mas, como nada resolveu, ela decidiu aceitar os pelos. Assim, apesar do preconceito e dos problemas para encontrar um parceiro que aceite sua condição, ela decidiu se revelar como é.
"É claro que as pessoas encaram. Então deixo que olhem e cumprimento com um sorriso para mostrar que que estou bem com ela, para que eles possam ser também", conta ela. "Eu aprendi que não há problema em fazer o que te faz feliz, mesmo que as outras pessoas não entendam de imediato. Uma vez que você se aceita, elas também te aceitarão".

Informações: Rede TV
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário