Páginas

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Estes 2 jovens filmam a própria morte. O que câmera grava é de arrepiar.


Imagem de reprodução
Este vídeo não deveria jamais ter sido gravado, e nem visto por ninguém. Ele mostra a morte de dois jovens ingleses: Michael Owen (21) e Kyle Careford (20). As imagens foram gravadas pelos rapazes, e suas famílias desejam que elas sejam vistas pelo mundo inteiro! 


Assista ao vídeo:




Em uma madrugada de abril, os dois amigos estão juntos dentro de um carro: Kyle é o motorista, enquanto Michael filma tudo com o seu celular. Os dois brincam e riem, e Michael pede diversas vezes que Kyle reduza a velocidade. "Cara, a gente está chegando a 145 km/h!" E estas foram as últimas palavras do jovem de 21 anos, pai de uma menina de 4. Nos próximos segundo, eles se chocam contra o muro de uma igreja.



Após a colisão, o celular segue gravando. É possível escutar uma mulher se aproximando do carro e tentando ajudar. "Vocês me ouvem? Vocês me ouvem?" é o que a chocada testemunha pergunta. Mas seus esforços são em vão: os dois morrem instantaneamente. Eles estavam correndo a 145 km/h em uma zona onde a velocidade máxima permitida é de 50 km/h. 
Seis meses depois, as famílias em luto resolvem tornar o vídeo público. "Eu realmente não sei porque eles fizeram isso," diz Kate Owen, a mãe de Michael. "Mas os dois foram responsáveis pela decisão que tomaram naquela noite. Porém, se este vídeo impedir uma única pessoa de cometer o mesmo erro, então já valeu a pena divulgá-lo. Eu espero que estas imagens mostrem aos jovens que um pouquinho de diversão pode ter consequências catastróficas."



"Eu quero que todas as pessoas jovens saibam que elas não são imortais e invencíveis. E também quero que elas entendam que suas vidas são preciosas tanto para elas mesmas, quanto para aqueles ao seu redor," Kate adiciona. "Eu gostaria que os jovens motoristas refletissem sobre quanta dor eles podem causar aos outros."
A decisão de colocar na Internet estas imagens certamente foi uma escolha inusitada. Porém, os pais dos meninos esperam que este acidente sirva como lição para milhares de jovens ao redor do mundo. Eles não querem que outras famílias passem pela mesma dor, oriunda de um pequeno momento de diversão totalmente desnecessário.
Se este vídeo também tocou seu coração, compartilhe com todos que você conhece. Uns segundos de risadas não valem uma vida. Por um mundo com mais pessoas responsáveis ao volante!

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques