Páginas

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Esta idosa reclamou que estava sendo abusada. Seus parentes não imaginavam o tamanho do terror que ela estava vivendo até tomarem uma atitude.


Imagem de reprodução
Como muitos idosos que necessitam de assistência em tempo integral, Minnie Graham estava passando seus últimos dias em um asilo em Garland, Texas (EUA). A idosa de 98 anos não apenas era uma mulher gentil e amigável, mas também uma bisavó adorada por sua família.






Mas quando Minnie disse às suas netas, Terri Hardin e Shirley Ballard, que as pessoas do asilo a estavam machucando, elas ficaram chocadas. Ela mencionou uma cuidadora em particular que estava sendo extremamente cruel com ela. 



Quando os membros de sua família notaram que ela estava sempre com lesões, eles ficaram preocupados e perguntaram à gerência do asilo o que estava acontecendo. A explicação: Minnie havia caído de sua cadeira de rodas. A família dela não engoliu essa desculpa nem por um segundo. Eles sabiam que algo estava errado e tiveram uma ideia para descobrirem a verdade.
Eles esconderam uma câmera no quarto de Minnie e filmaram o que estava acontecendo lá. O resultado da gravação foi extremamente perturbador, para dizer o mínimo.
Quando eles assistiram o vídeo, não podiam acreditar no que viam. Na tela, eles podiam ver claramente a suposta "cuidadora" de Minnie a empurrando, batendo nela e puxando seu braço e cabelo. A agressão também incluiu enfiar um pano imundo na boca da pobre mulher e jogar água nela.



Mas a agressão não era apenas verbal. A família de Minnie ouviu horrorizada a funcionária do asilo chamar a matriarca de "feia"e "retardada". Pode-se ouvir Minnie chorando e pedindo ajuda, que nunca chegou.
E se isso não fosse o bastante, essa não era a única funcionária que vinha agredindo Minnie. Outra cuidadora também pode ser vista no vídeo empurrando a idosa, beliscando-a e falando com ela em um tom cruel. Terri Hardin, uma dos muitos netos de Minnie, resumiu perfeitamente: "Nenhum tipo de compaixão. Nenhuma compaixão."


A família levou um vídeo até a polícia e eles entraram em ação imediatamente. As cuidadoras que infligiram as agressões foram demitidas, mas, infelizmente, ainda não foram levadas à justiça pelo seu terrível crime. Impressionantemente, uma delas até conseguiu um novo emprego em outro asilo. Esperamos que quando a história receber atenção suficiente, isso mude.
Algumas semanas depois do vídeo ter sido feito, Minnie faleceu. "Isso definitivamente afetou sua vontade de viver", comentou Hardin em uma entrevista. Outra neta acredita que a agressão tenha sido demais para Minnie e ela simplesmente "desistiu".
Esse foi um jeito horrível para uma pessoa passar seus últimos momentos na Terra, e só podemos esperar que Minnie tenha encontrado alguma paz antes de dar seu último suspiro. Pelo menos ela sabia que era amada e que sua família faria tudo para ajudar a protegê-la. Agora é hora da justiça para garantir que essas pessoas cruéis e sem coração não tenham a chance de fazer isso nunca mais.

Fonte: Little Things, CBS News, Youtube, via Não Acredito




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário