Páginas

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Ela o encontrou agonizando de dor. Mas quando ela descobriu o motivo, o destino dele foi decidido


Imagem de reprodução
Quando tinha apenas um pouco mais de um ano, Chloe Levenson, de São Francisco, Estados Unidos, se envolveu em um acidente de carro que a deixou com queimaduras severas. Mesmo as cicatrizes tendo se tornado menos visíveis com o passar dos anos, o evento traumático deixou sua marca nela.




Enquanto isso, os anos se passavam e Chloe crescia. Na adolescência, ela começou a querer um cachorro, e pediu à mãe, Toby, para pegar um filhotinho. Mas por meses elas não conseguiram chegar a um acordo, até receberem uma ligação extraordinária do hospital onde Chloe havia operado anos antes.



Havia um filhotinho abandonado, eles explicaram, que tinha sofrido queimaduras terríveis. Eles estavam procurando o lar certo e os Levensons souberam imediatamente que esta seria a hora.


Fireman (bombeiro, em português), estava ficando com sua "mãe" temporária Kristy Keusch. Kristy e o abrigo de animais que resgatou Fireman reconheceram que este animal precisaria de uma família especial que o entendesse, então eles entraram em contato com o hospital para pacientes vítimas de queimaduras.
Quase morto por queimaduras químicas, Fireman não foi apenas salvo: ele estava a ponto de entrar para o lar mais adequado para ele, com pessoas que entendiam perfeitamente pelo que ele estava passando.


Hoje, Chloe e Fireman são uma dupla maravilhosa e parecem ter se ajudado a se recuperar mutuamente. Finalmente Chloe conseguiu o cãozinho com que tanto sonhou. Não há nada melhor do que quando pessoas e animais que são feitos um para o outro finalmente se encontram.




Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques