Páginas

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Este bebê nasceu com uma bola de carne embaixo do seu nariz. Quando você descobrir o porquê, não vai acreditar.


Imagem de reprodução
Mary e Mark Gundrum, de Wisconsin, nos EUA, estavam animados quando foram fazer o ultrassom da 20ª semana de gravidez de Mary e descobriram que seu oitavo bebê era um menino. Porém, quando a expressão do médico mudou repentinamente, eles sabiam que algo estava terrivelmente errado.





Assista ao vídeo notícia:


Youtube/Bostonchildrenshospital
Na tela, eles conseguiram ver um grande caroço perto da boca do feto. O bebê sofria não de uma, mas de duas condições raras. A primeira era encefalocele (também conhecida como cranium bifidum), uma doença em que o cérebro do bebê cresce fora do crânio. A segunda era uma fenda facial. Elas podem ser uma condição fatal, mas mesmo que o bebê não morra, elas podem levar a graves deficiências.

Youtube/Bostonchildrenshospital
Mas Mary e Mark, já pais de sete crianças, estavam determinados a levar a gravidez até o fim. Eles esperaram, e o bebê cresceu até que Mary enfim deu à luz. Quando eles viram o recém-nascido, não havia como negar que aquele seria um dos maiores desafios de suas vidas:
Youtube/Bostonchildrenshospital
Mas o casal tinha uma vantagem que as gerações passadas não tinham: a internet. Então, enquanto Mary ainda estava grávida, eles fizeram inúmeras pesquisas, que acabaram valendo a pena: Mary conheceu John Meara, um cirurgião plástico em Boston que já tinha lidado com aquelas condições antes. Ela juntou coragem e contatou-o diretamente, com poucas esperanças de que chegaria a ele. Mas no dia seguinte, o telefone tocou. Era o Dr. Meara concordando em cuidar do bebê deles. Os Gundrums estavam em êxtase com tamanha sorte, mas a situação continuava extremamente incerta. Ainda assim, logo que o bebê Dominic nasceu, eles não conseguiam conter as esperanças enquanto se dirigiam a Boston.
Youtube/Bostonchildrenshospital
Quando eles chegaram, o médico explicou o que ele teria que fazer. O casal achou o médico e a equipe do hospital incrivelmente solidários. A hora finalmente havia chegado: Dominic iria passar por uma cirurgia de 10 horas comandada pelo Dr. Meara e que envolvia dúzias de outros funcionários de diversos departamentos do hospital.
Youtube/Bostonchildrenshospital
No final, ela durou "apenas" seis horas. Mas eles teriam que esperar quatro semanas antes de terem certeza de que Dominic ficaria bem. 

Youtube/Bostonchildrenshospital
A primeira coisa que eles notaram foi que o bebê conseguia mover seus olhos. Era um bom sinal. E então ele começou a brincar.
Youtube/Bostonchildrenshospital
E então, ele sorriu. Pela primeira vez!
Youtube/Bostonchildrenshospital
Agora, eles sabiam que a cirurgia tinha sido mesmo um sucesso. Eles teriam que fazer check-ups anuais, mas, desde então, Dominic retornou a Wisconsin e está cercado por seus pais e amados irmãos.

Youtube/Bostonchildrenshospital

Você pode ver toda a história aqui (em inglês): 



Que história incrível de determinação e perseverança. E que sorte incrível dos Gundrums por encontrarem um médico com as habilidades e a coragem para realizar com sucesso uma cirurgia tão perigosa. Com dois anos de idade, Dominic parece saudável e feliz, tem vários amigos e está crescendo "normalmente". É uma história de inspiração sobre vontade de viver que nos ajuda a valorizar ainda mais as nossas próprias vidas! 

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques