Páginas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Cabelo e barba de cadáveres no IML de Curitiba continuam crescendo e ninguém consegue explicar; assista ao vídeo


Imagem de reprodução
Um caso curioso está impressionando o mundo todo após um vídeo voltar a circular na internet. Cadáveres que estão no IML de Curitiba a mais de 30 anos, por incrível que pareça os pelos continuam crescendo neles. Precisam fazer a barba de 20 em 20 dias e o cabelo necessita ser cortado periodicamente. Alguma explicação?



Assista ao vídeo:



Um dos cadáveres é de um homem morto em uma briga de foice. A ocorrência aconteceu na localidade de morro grande em Campo Largo, no Paraná no dia 11 de setembro de 1977.

A vítima era conhecida no local apenas como “Paraibinha”, famoso pela sua alta periculosidade. Paraibinha matou várias pessoas com uma foice e também foi morto por uma.

A reportagem é de Roberto Aciolli do 190
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário