Páginas

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

A menina foi denunciada depois de postar essa foto. Os protetores notaram algo horrível ao fundo.


Imagem de reprodução
Charlotte McPherson, de 22 anos, se descreve como amante de animais e uma amazona apaixonada. Mas quando essa jovem moradora de Birmingham, Inglaterra, apareceu em um evento equestre com seu cavalo Thor, os outros participantes ficaram chocados. Ninguém havia notado nada a princípio, já que Charlotte havia coberto o cavalo com um cobertor para esconder a pior evidência.






Mas eventualmente o corpo de Thor foi visto pelo público. A RSPCA (Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals), uma instituição de proteção que combate a crueldade animal, ficou sabendo sobre Charlotte e Thor através de uma selfie que a garota havia postado. Thor estava claramente visível ao fundo, e era fácil ver que havia algo errado. Ele decidiram investigar a fundo.


Eles não podiam acreditar no que descobriram! Não só Thor estava esquálido e em pele e osso, como também tinha um abscesso considerável em suas costas, onde ficava a sela. Cada cavalgada deve ter sido uma tortura para ele. Eles imediatamente denunciaram Charlotte por abuso animal.



Charlotte foi declarada culpada em duas acusações. Ela foi proibida de criar cavalos pelos próximos dez anos, tem que pagar US$ 500 (cerca de R$ 1700,00) de multa, e deve completar 160 horas de serviço comunitário.
Thor foi levado a um abrigo para animais que sofreram abuso. Ele recebeu a medicação necessária e está aos pouco recuperando a saúde. Um animal maravilhoso existe por baixo desse corpo de aparência exausta.
Thor está aproveitando sua nova vida livre de dor. Agora, ele está recebendo bastante comida, pode se movimentar livremente e está sendo tratado como todo cavalo deveria ser. Seus dias de fome e tristeza felizmente terminaram. 



É duro de acreditar como essa menina possa ter negligenciado tanto esse animal. Felizmente, as autoridades descobriram a tempo e puderam resgatar Thor. E tomara que Charlotte tenha aprendido algo com tudo isso. É ótimo saber que existem pessoas que estão cuidando de criaturas que não podem lutar por si mesmas.

As informações são de Telegraph, via não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário