Páginas

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Quando fixei bem os olhos nessas fotos, fiquei horrorizado. Você consegue perceber o que elas têm de bizarro e incomum?


Ao olhar essas fotos, você deve imaginar que são simples fotos de família, com pais, mães e seus respectivos filhos.
Mas, olhe de novo. Você consegue ver alguma coisa de anormal? Trata-se de fotos pós-morte, ou post-mortem, que é a “arte” de fotografar pessoas mortas. A prática foi bastante realizada no Reino Unido do século XIX, durante a Era Vitoriana, período do reinado da Rainha Vitória.




A fotografia post-mortem era uma maneira barata de imortalizar familiares mortos, principalmente as crianças, devido à alta taxa de mortalidade infantil da época. Confira essas imagens que são um tanto quanto bizarras:
As pessoas que morriam, eram fotografadas antes do serviço funerário. Existia uma produção para deixar os mortos com boa aparência.


A intenção era fazer com que os mortos parecessem pessoas vivas que estavam sendo fotografas em um dia qualquer.


Havia alguns truques para simular vitalidade. Nesta foto, repare que há alguém atrás da cortina segurando o menino para deixá-lo em pé, como se ele ainda estivesse vivo.


Os fotógrafos eram bem experientes em tirar esse tipo de foto, ficando difícil de saber quem está morto ou vivo. Você consegue identificar quem é o morto nesta foto?


Os fotógrafos pensavam até nas poses, como se estivessem fazendo um Book profissional com modelos. Repare nesta foto, o homem morto parece sorrir e descansar tranquilamente com seus cães de estimação.


Nem sempre era possível registrar os falecidos como se estivessem vivos e acordados. Os fotógrafos muitas vezes registravam o morto de olhos fechados para parecer que estivesse dormindo ou relaxando após um dia estressante de trabalho.


Pessoas mortas eram fotografadas com pessoas vivas, fazendo com que não fosse possível diferenciar quem é o falecido a ser retratado.


Mas muitas vezes, ficava difícil fazer com que os mortos se parecessem com vivos, devido a evidentes traços de morte, como nesta horripilante foto.


Muitas vezes as imagens são tristes e chocantes.


Uma coisa podemos concluir: essas fotos são bizarras e dão medo. Ainda bem que evoluímos tecnologicamente e tiramos fotos enquanto ainda estamos vivos.

Informações: Were Blog, via Jornal Ciência
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário