Páginas

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Piloto recebe uma bolada em prêmio de companhia e fica milionário após evitar desastre aéreo na China


Imagem de reprodução
A Administração de Aviação Civil da China (CAAC, na sigla em inglês) divulgou uma animação em 3-D que simula o momento exato em que He Chao, piloto da companhia aérea China Eastern Airlines, consegue acelerar a aeronave e decolar poucos metros antes de colidir com outra aeronave da mesma companhia. 



Assista ao vídeo:





O incidente, que ocorreu na pista de 36L do Aeroporto Internacional Hongqiao, em Xangai em 11 de outubro, poderia ter causado 439 mortes, somados os passageiros e tripulações dos dois aviões.

Na animação é possível ver quão perto as duas aeronaves estiveram de uma tragédia. o acidente foi evitado por uma distância de apenas 19 metros, de acordo com a investigação. O Airbus A-320 comandado por He Chao já havia iniciado o processo de decolagem para Tianjin quando um Airbus A-330 da mesma companhia, que terminava sua aterrissagem vindo de Pequim, cruzou a pista. Em uma decisão rápida, o piloto acelerou a aeronave e conseguiu decolar.

Quando percebeu a colisão iminente e começou a acelerar mais, o Airbus pilotado por ele já estava a uma velocidade de 240 km/h, de acordo com um comunicado emitido pela companhia. Como reconhecimento por seu ato heroico, He Chao recebeu um prêmio de 3 milhões de yuans (R$ 1,5 milhão) pagos pela própria da China Eastern Airlines.

A conclusão dos investigadores foi de que houve falha humana do centro de controle de tráfego. A CAAC suspendeu as licenças de dois controladores de voo e puniu 13 oficiais de controle do Escritório de Controle Aéreo do Leste da China.


Informações Por Carolina Werneck / Estadão
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário