Páginas

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Número de nascimentos de tubarões com 2 cabeças cresce e preocupa cientistas


Imagem de reprodução
Apesar de não saberem o motivo de isto estar acontecendo, cientistas constataram que o número de tubarões que nascem com duas cabeças está aumentando.

Em um estudo publicado na revista científica “Journal of Fish Biology”, pesquisadores espanhóis identificaram o embrião com duas cabeças de uma espécie de tubarão que é comum no Atlântico.
Assista ao vídeo notícia:



O chefe do estudo, Valentin Sans-Coma, disse que não é possível afirmar que se o animal seria capaz de sobreviver em seu ambiente natural. Mas um fato curioso é que testes foram feitos na fêmea e se constatou que ela não foi exposta a nenhum tipo de radiação, ou produtos químicos.
Outro estudo, este realizado pelo Instituto Politécnico Nacional do México, mostra que a maior parte de mutações deste tipo acontecem em animais da espécie “Tubarão-azul”, pois as fêmeas desta espécie são capazes de carregar até 50 filhotes por gestação.
A explicação mais aceita para justificar o nascimento de tubarões com duas cabeças é a possibilidade de os animais terem sido expostos a infecções virais, desordens metabólicas e poluição. Além disso, também há a possibilidade de os filhotes terem sofrido mutação genética provocada por incesto.

Informações do Page Not Found
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques