Páginas

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Homem zomba desta cadela semi morta na internet e algo surpreendente acontece


Imagem de reprodução

Ela estava no meio de uma rua em Houston, Texas (EUA). Sua pele e pelo estavam em frangalhos. Esta pobre cadelinha chamada Pumpkin teve, claramente, um passado muito duro. Ela foi severamente maltratada, torturada com choques e deixada para morrer sozinha.
E, como se já não fosse o bastante, um homem viu a cadela padecendo na rua e postou uma foto dela no Facebook com o comentário “LOL, eu só tinha visto cachorros queimados no terceiro mundo.”

Assista ao vídeo notícia e veja as imagens:



Felizmente, as notícias voam. Foi assim que Patty, da organização “Austin Pets Alive” se deparou com a foto e a publicou no site “Pawsitively Texas”. Mesmo sendo de péssimo gosto, a piada daquele homem acabou levando a um resgate incrível.
Voluntários começaram a procurar pela cadelinha até encontrá-la. O que a foto original não conseguiu mostrar, era que havia um filhotinho com ela. Eles estavam cobertos de pulgas e muito desnutrida.
Os ajudantes começaram a tomar conta da mãe e do filhote imediatamente. Eles cuidaram de suas feridas e os restabeleceram. Os dois, finalmente, tiveram a chance de descansar juntos.
Infelizmente, o cãozinho não resistiu. Ele sucumbiu devido à desnutrição. No entanto, Pumpkin foi levada por Anna Barbosa, fundadora do “Freddie’s Hope Rescue Ranch.” (Rancho de Esperança e Resgate do Freddie).
Lá, ela rapidamente se recuperou dos ferimentos. Suas feridas físicas estavam curadas e seu pelo votou a crescer com uma bonita cor branca. Após apenas 6 semanas, ela encontrou um lar permanente e amoroso com Kelly Williams. A jovem, qua já tinha vários outros cães, se apaixonou por Pumpkin e a recebeu de braços abertos em sua casa.
Este foi o início de uma nova vida para Pumpkin. Ela continuou a se desenvolver e começou a se sentir confortável em seu novo lar.
Você nunca acreditaria que esta é a mesma cadela que estava na rua. Que história incrível que mostra que, às vezes, coisas boas vêm das coisas ou pessoas que a gente menos espera. Quem diria que um post terrível e insensível no Facebook acabaria salvando a vida desta cadelinha.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques