Páginas

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Halterofilista fica entre a vida e a morte após ser picado por joaninhas.


Imagem ilustrativa de reprodução
Foi por pouco. Reza Rezamand, tem 31 anos e é praticante de halterofilismo. Durante suas atividades ele chega a levantar até 180 quilos, mas uma pequena joaninha – que é necessário uma balança de precisão para descobrir seu peso – quase acaba com a vida do atleta.


Rezamand sofreu uma picada do inseto quando estava saindo da sua loja de suplementos em Stoke-On-Trent, na Inglaterra, quando foi surpreendido por três joaninhas da espécie alerquim, que vem causando transtornos aos britânicos por ter sido introduzida ao território de forma desordenada, elas são originais da Ásia.
“Eu não senti nada diferente até notar que meu estava inchado”, contou Rezamand. Foi quando ele decidiu ir ao hospital e a situação começou a ficar mais grave. Para se ter uma ideia, 24 horas depois da picada, os pés do halterofilista estavam com o dobro do tamanho.
O halterofilista chegou a ouvir dos médicos que tinha apenas 30% de chances de sobreviver a uma infecção causada pela “inofensiva” joaninha. “Tenho sorte de ter sobrevivido”, comemorou Rezamand, relembrando que tinha ignorado os primeiros sintomas da infecção.

Informações do The Sun
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário