Páginas

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Homem generosamente deixou comida e água em um túmulo, mas o que ele encontrou no dia seguinte o deixou de boca aberta


Imagem de reprodução
Keli Keningau Prayitno, de 28 anos, vive na Ilha de Java, na Indonésia, e já viveu inúmeras experiências. Mas um dia, em um cemitério, ele notou um gato muito especial sentado próximo a um túmulo, o que quase o deixou de coração partido.
Na primeira vez que viu o felino, ele pensou que ele simplesmente morasse ali. O homem deixou um pouco de comida e água para o animal aparentemente faminto e então seguiu seu caminho.

Mas no dia seguinte, ele ouviu novamente um triste miado. Lá estava o gato, deitado próximo ao mesmo túmulo, longe da comida e da água. Keli decidiu cuidar do pobre animal e lhe preparou mais uma refeição. Dessa vez, ele tentou chegar mais perto e percebeu que o gato não parecia nem um pouco perdido.
Ele repetiu o processo no dia seguinte. Finalmente, o gato deixou Keli acariciá-lo, e ele decidiu adotar o animal.
Mas independente do que Keli fizesse, uma coisa nunca mudava: como que puxado por uma força mágica, o gato voltava todos os dias ao mesmo túmulo. Keli tinha que descobrir o que estava acontecendo. Após algumas investigações, ele descobriu algo incrível: "desde que a dona do gato faleceu, ele tem ficado aqui em seu túmulo. Ele não quer ir para casa. Ele está aqui há quase um ano. Ele dorme aqui e fica miando."
O gato e sua dona devem ter tido uma conexão maravilhosa. Keli ainda toma conta dele enquanto o animal se lamenta, e a sua lealdade à antiga senhora o impressiona. Pode-se apenas imaginar o que essa mulher significou para esse gato! Uma conexão tão especial é realmente emocionante.

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário