Páginas

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Este cão arrasta o pai até a água. O que ele vê flutuando o faz entrar em desespero.


Imagem de reprodução
Alexander Kenney é um menino australiano de 2 anos de idade. Há poucas semanas, ficou claro que o garotinho tem um anjo da guarda a mais. Porém, este protetor não tem asas, e sim 4 patas!


Sua família estava na casa de um amigo quando o menininho caiu dentro do lago de uma represa sem ser notado. Alexander ficou inconsciente e começou lentamente a afundar. Ao perceber o acidente, a bull terrier Leala pulou na água e tentou tirá-lo de lá. Sem conseguir, a cadelinha da família correu em direção a casa e latiu freneticamente para chamar a atenção dos adultos.




O pai de Alexander, David, fica alarmado e segue Leala. Ao ver seu filho boiando sem vida na água, ele fica desesperado. Após retirá-lo do lago, David passa os minutos seguintes tentando reanimar o menino, até que paramédicos chegam de helicóptero para levá-lo ao hospital mais próximo. O garotinho é imediatamente colocado em um coma induzido. "Os médicos nos disseram que talvez nunca pudéssemos levar nosso filho de volta para casa. E mesmo se isso acontecesse, era provável que ele tivesse sofrido danos cerebrais," conta Lisa Brockbank, mãe de Alexander. "Essa resposta não poderia ser pior aos olhos de uma mãe e de um pai."

Porém, apenas 48 horas após o acidente, o pequeno guerreiro choca a todos: Alexander volta a respirar sem a ajuda de aparelhos e acorda do coma artificial! Os médicos ficam surpresos com a rápida recuperação do menino. "Foi um verdadeiro milagre ele ter acordado por conta própria tão rapidamente, e também sem danos a longo prazo," conta a mãe. A sorte de Alexander foi resultado do resgate efetuado por seu pai, e da rápida reação da cadelinha Leala.

Alexander voltou para casa e vem se recuperando maravilhosamente bem ao lado de sua família. Quanto a Leala, a cachorra não poderia estar mais feliz sabendo que agora pode outra vez brincar com seu melhor amigo. "Se não fosse por Leala, nosso menino não estaria mais entre nós!", afirma a mãe.

Que exemplo lindo de lealdade animal! Graças ao rápido instinto do bull terrier, Alexander terá a chance de ter uma vida longa e completa. Nossos amigos peludos merecem todo o reconhecimento do mundo!

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques