Páginas

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Este bebê vem ao mundo com apenas 7,5 semanas. O que sua mãe faz com ele depois, está deixando muita gente chocada!


Imagem de reprodução
Mindy Raelynne Danison e seu marido Gabe já são pais de 5 crianças, porém eles sonham em ter mais um filho. Depois de tomar esta decisão, Mandy engravida rapidamente, e o casal celebra a novidade com muita alegria. Os dois decidem que o bebê se chamará Riley Jae Danison.





Assista ao vídeo notícia:



Entretanto, após apenas 10 semanas, o inesperado acontece: Mindy está com sua mãe num supermercado quando começa subitamente a sentir uma dor muito forte na região abdominal. Riley acaba vindo ao mundo através de um aborto espontâneo, tendo ficado vivo apenas durante 7,5 semanas no útero de sua mãe. Mindy e Gabe ficam arrasados com a perda e decidem fazer algo incomum: eles fotografam o seu bebê.
Pouco tempo depois, Mandy engravida novamente, e acaba tendo outra decepção. A menina Annabelle Elizabeth nasce aos 2 meses de gestação, após um aborto espontâneo em um banheiro de um posto de gasolina. Mandy traz o feto para casa e faz uma foto do seu frágil corpo em memória a filha que ela nunca poderá ver crescer.

Por ter registrado em imagens os seus filhos não nascidos, Mindy foi duramente criticada por muitas pessoas. Mas para ela, esta é sua maneira de lidar com sua dor. Mindy acredita que seus filhos são perfeitos, e afirma que eles são amados por seus pais mesmo que não tenham se desenvolvido plenamente. Quando postou as fotos no Facebook, o casal acreditava que apenas seus amigos e parentes as veriam, porém as imagens foram diversas vezes compartilhadas, chegando a pessoas totalmente desconhecidas ao redor do mundo. Certamente, muitos usuários ficaram impressionados com o que viram, e uma mulher descreveu os bebês como "verdadeiros tesouros". 

E é isso que Mindy esperava ao publicar as fotos: compaixão. Com demasiada frequência, um aborto tão precoce é visto como menos importante, e o sofrimento dos pais é desencorajado e menosprezado. "Tente outra vez" é o conselho mais comum. Mas apesar dos bebês ainda serem diminutos, a família Danison já os amava e os esperava ansiosamente. Riley e Annabelle foram cremados e suas cinzas, juntamente com pequenas esculturas em sua homenagem, foram guardadas pelo casal em sua residência.

Facebook/Mindy Raelynne Danison

Após estas experiências traumáticas, Mindy está grávida novamente, agora já entrando na 24ª semana. Desta vez, o destino os surpreendeu com gêmeos, e os pais decidiram chamá-los Gloriana e Garrett. Mindy não se importa com os comentários negativos de usuários do Facebook em relação as fotos dos fetos, e se recusa a apagar as imagens - mesmo que diversas pessoas as registrem como "conteúdo inapropriado". Ela prefere se concentrar na sua família, sua gravidez, e seus filhos.


Retratos de bebês natimortos podem trazer aos pais algum conforto mais tarde, mesmo que este registro precoce seja bastante incomum. Nos Estados Unidos existe uma organização que oferece um serviço de fotografia gratuita para casais que se defrontam com esta horrível situação. Ao publicar tais imagens, alguns pais esperam dividir sua dor, e receber mensagens de apoio e compaixão. Mas para outros, compartilhar este momento é algo impensável, e eles optam por manter o registro de seus bebês na esfera privada.
De qualquer maneira, Mandy foi bastante corajosa em lidar com sua dor escolhendo este caminho. Se você também acredita que cada um deveria poder expressar a sua tristeza como quiser, então compartilhe este artigo com todos que você conhece! Você pode acabar ajudando alguém que esteja passando por um momento parecido.

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques