Páginas

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Ela adotou um “cachorro” estranho que estava se escondendo em sua varanda, quando a mulher descobriu o segredo dele, ficou surpresa


Imagem de reprodução

A americana Sharon Bertozzi mal pôde acreditar no que viu quando acordou uma manhã e encontrou uma bola de pelo enroladinha atrás dos vasos de flores em sua varanda.
Ao se aproximar, ela ouviu um ganido baixinho e viu que a bola de pelo era um cão esquálido. Como Sharon não tinha uma coleira e não tinha certeza se o cão tinha alguma doença, ela ligou para o abrigo de animais local. Até os funcionários do abrigo chegarem, 15 minutos depois, o cachorro já tinha se escondido embaixo do deck da varanda. Eles se aproximaram dele com cuidado e quando eles finalmente o viram ficaram completamente surpresos.

Acontece que o animal que Sharon pensou que fosse um cachorro era na verdade um coiote. Ele estava cansado e com fome e estava procurando abrigo no deck. Ninguém podia dizer por quanto tempo ele havia estado ali embaixo, mas pelo jeito da coisa, ele parecia estar vivendo ali há algum tempo.
Sharon se lembra de como se sentiu no momento em que viu o coiote: "Eu senti compaixão pela criatura. A princípio eu pensei que fosse um cão abandonado que apenas tinha vindo ao meu jardim para morrer."
O coiote (que descobriu-se depois ser uma fêmea) tinha ferimentos sérios, estava claramente morta de fome, e estava tão desorientada que vagou por uma vizinhança movimentada. Geralmente os coiotes evitam os humanos por medo, mas ela estava muito fraca para brigar ou fugir. O resgate animal limpou Princess (como eles a chamam agora), cuidaram de suas feridas, e lhe deram bastante comida.


Ela permaneceu no abrigo por várias semanas até estar em boa forma para ser solta em uma reserva natural ali perto com dois outros coiotes que também estavam recebendo tratamento.

Os protetores estavam satisfeitos de testemunharem Princess e os outros Coiotes se instalarem em seu novo lar. Eles viram os três animais parecendo saudáveis, felizes e livres.
Felizmente as coisas acabaram bem para Princess e Sharon, que a descobriu. Mas a Gold Country Wildlife Rescue (organização de resgate de animais selvagens) alerta que os humanos continuam invadindo os habitats da vida selvagem. Se isso continuar, certamente haverá mais casos como o de Princess. No entanto, uma coisa é certa: Sharon nunca vai esquecer o dia em que acordou e viu um coiote descansando em seu deck.

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques