Páginas

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Paula Fernandes explica porque deu vexame ao abandonar dueto com Bocelli


Imagem de reprodução
Por meio de um comunicado, a assessoria de imprensa de Paula Fernandes explicou o porquê de a cantora ter pausado o dueto com Andrea Bocelli em “Vivo por Ella” antes de a música acabar. Segundo a equipe, um outro profissional comporia com eles um trio, mas não pode participar.
“Vivo por Ella' foi interpretado pela Paula exatamente como o ensaiado e esperado. Haveria, neste caso, mais uma participação, cancelada no momento em que Paula entrou no palco, por questão de saúde”, diz o texto.
Ainda de acordo com os representantes da cantora, ela não poderia substituir o profissional ausente. "Com isso, nem Paula, nem Bocelli tiveram a oportunidade (tempo) de ajustarem nova formação da canção. Fato que gerou um aparente desencontro musical. O que, em nada, muda o sentimento e a honra de terem, Paula e Bocelli, dividido o mesmo palco".

Entenda o caso

Convidada especial do show que Andrea Bocelli fez na noite desta quinta-feira em São Paulo, Paula Fernandes deixou os fãs decepcionados ao fazer um dueto com o artista italiano na canção “Vivo por ela”. Um vídeo da apresentação mostra Paula iniciando a música visivelmente tensa. Ela, porém, só cantou a primeira parte e deixou todo o resto da música para Bocelli, que, por sua vez, foi aplaudidíssimo. As versões anteriores, gravadas com a cantora Laura Pausini e também com Sandy, mostram um dueto durante toda a música. Na parte que seria para Paula cantar, Bocelli cantou sozinho.
“Paula Fernandes desistiu de cantar o dueto com o tenor italiano no meio da música e o deixou no vácuo até o término de um de seus sucessos mais esperados pelo público”, escreveu um fã ao publicar o vídeo da apresentação. 

Assista:


Uma jovem que estava lá contou em seu Facebook que Paula participou de três músicas durante o show e que a gafe aconteceu na última.
"Ela (a Paula) começou lendo a partitura, tirava a boca do microfone para ler e se perdeu um pouco. Quando ele começou a cantar, foi um estrondo e todos começaram a gritar e aplaudi-lo. Ela simplesmente parou de cantar. Ele ficou sem entender, meio que cantou a parte dela, depois continuou cantando só a parte dele. Ela ficou do lado sem abrir a boca. Só a orquestra tocando nas partes que ela deveria estar cantando. Enfim, ela não deve ter ensaiado, o povo percebeu e intensificou os aplausos para ele e acho que ela se intimidou".

Informações: Extra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques