Páginas

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Peste siberiana que pode ter chegado ao Brasil junto com as Olimpíadas, mata criança e faz outras vítimas na Rússia.


Imagem de reprodução
Quatro pacientes, entre eles duas crianças, estão no departamento de doenças infecciosas na povoação de Yar-Sale.

Oitenta e seis pessoas, incluindo 51 crianças, estão sob observação médica no distrito autônomo de Yamalo-Nenets, na Rússia, por causa de um surto de antraz, a chamada peste siberiana. O anúncio foi feito hoje (2) pelo porta-voz do governo do distrito, Nadezhda Noskova.

Ele disse que uma criança de 12 anos, que estava entre as nove pessoas diagnosticadas positivamente com a doença, morreu na ontem na península de Yamal, na Sibéria.
Segundo informou Noskova à agência RIA Novosti, quatro pacientes, entre eles duas crianças, estão no departamento de doenças infecciosas na povoação de Yar-Sale.
O tratamento e a observação dos pacientes infectados com essa doença continuam. Na semana passada, as temperaturas extremamente altas no distrito causaram a morte em massa de renas na península de Yamal, o que podia ter tornado as bactérias ativas.
A peste siberiana é causada pela bactéria bacillus anthracis. Esta é uma enfermidade própria do gado, mas contagiosa para o homem, e a maioria dos seus tipos pode ser letal. Algumas formas da doença são tratadas com antibióticos, mas há vacinas contra a doença. Com informações da Agência Brasil.

Informações: The News Brasil
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques