Páginas

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Essa garotinha de 11 anos teve o couro cabeludo arrancado na frente de sua mãe. Depois disso, sua vida nunca mais foi a mesma.


A menina de 11 anos Elizabeth "Lulu" Gilreath vive com os pais no estado de Nebraska (EUA). Como muitas crianças de sua idade, Lulu ama parques de diversão. Ela mal podia esperar para ir em um grande parque na cidade em que vive, Omaha. Mas quando ela partiu para se divertir com sua mãe, ela não tinha ideia do tipo de horror que a aguardava. 


Enquanto estava rindo a bordo de um brinquedo giratório do parque, aconteceu o seu pior pesadelo: seu longo cabelo ficou preso no maquinário de brinquedo enquanto a plataforma rodava embaixo dela. Uma grande parte do couro cabeludo dela foi arrancada, assim como parte de seu rosto. Ela já estava sofrendo há cinco minutos até a mãe dela conseguir fazer os operadores pararem o brinquedo. Ela diz que nunca vai esquecer os gritos da filha.


Lulu foi levada imediatamente para o hospital onde os médicos trabalharam por horas, lutando por sua vida. A garotinha conseguiu se salvar, mas seu estado continuava crítico. Ela passou uma semana na terapia intensiva, mas isso era só o começo.


Lulu precisava de enormes transplantes de pele e disseram que seu rosto nunca mais seria o mesmo. O cabelo dela também nunca mais cresceria de novo. Outras sequelas a longo prazo eram desconhecidas.


Mas toda a família dela tentou se manter positiva e se sentiu incrivelmente apoiada por muitas pessoas que se ofereceram para ajudá-los. Os moradores de Omaha juntaram mais de $65.000 (cerca de 212.000 reais) para ajudar a família a cobrir os custos médicos e cartas de encorajamento chegaram de todas as partes dos Estados Unidos. Lulu leu todas elas e fez o possível para responder a todos.


Apesar deste pesadelo terrível, a garotinha permaneceu de bom humor. A mãe dela ficou muito orgulhosa. "Lulu é mais forte do que eu", ela disse.
Agora, Lulu e sua mãe estão fazendo uma petição para garantir que esses brinquedos tenham teste de segurança mais severos. Elas estão contando com uma lei federal para ajudar nesta causa. "Isso nunca deveria ter acontecido, e não pode acontecer novamente!"


Três meses depois do acidente, o processo de reabilitação de Lulu está indo melhor do que o esperado, mas a menina estava muito nervosa para ver como seriam as coisas quando ela voltasse para a escola. Será que os colegas de turma dela riram dela ou lhe dariam apoio?
Junto com sua mãe, Lulu escolheu uma peruca na esperança de que isso fizesse ela se sentir um pouco melhor, mas ela admite que ainda assim estava nervosa. "Eu me sinto eu mesma de novo. Mas e se os meus colegas não gostarem do meu visual?" Mas a maioria deles havia escutado sobre o acidente dela e a aceitou como ela era. Todos ficaram impressionados com a sua coragem.


Lulu alerta a todos que queiram ouvir sobre os perigos desses brinquedos e compartilha a dor que ela viveu: "tenha certeza de que nada seu esteja pendurado no brinquedo: rabo de cavalo, casaco, capuz, cordões - qualquer coisa que pode ser puxado tem que estar preso." Ela quer garantir que isso nunca mais aconteça com mais ninguém.
Aqui está um vídeo da extraordinária bravura e resiliência desta menina (em inglês):
Que garotinha forte! Tomara que seu corpo e espírito continuem a se curar para que ela possa voltar o mais rápido possível à vida normal de uma menina de 11 anos. E vamos torcer para que coisas assim jamais aconteçam de novo.

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques