Páginas

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Ele assustava outras crianças na infância. Hoje, se arrependem de terem zombado dele.


Jono Lancaster vive no Reino Unido. Ele é loiro, alto, trabalha como modelo e sofre da Síndrome de Treacher Collins, uma doença hereditária muito rara, que provoca mudanças na estrutura facial. Jono tem o rosto deformado e foi constantemente vítima de bullying na escola por conta disso. As crianças até mesmo saíam correndo de perto dele. Esta foi a parte mais sombria de sua infância e teve um efeito profundo nele.


Ainda assim, Jono cresceu com uma saudável dose de otimismo e não deixou que suas feições o deixassem para baixo. O sonho dele é inspirar outras pessoas, especialmente crianças, que tenham a mesma doença.



Em novembro de 2014, ele recebeu uma carta da mãe de um bebê. O pequeno Zackary, de 2 anos, também sofria da Síndrome de Treacher Collins. Tragicamente, Jono também ficou sabendo que Zackary só consegue sobreviver graças a um tubo plástico. A sua traqueia é tão apertada, que ele não consegue respirar sem a ajuda do aparelho. E como se tudo isso não fosse o bastante, Zackary acaba de começar a perceber que tem a aparência diferente da de outras crianças da sua idade. A mãe de Zackary tem medo de que ele seja vítima de brincadeiras de mau gosto e deixado de lado pelas outras crianças no futuro. O pequeno Zackary precisa do máximo de otimismo que ele possa encontrar.



Para Zackary, Jono é um herói. Jono conseguiu algo que Zackary pode apenas sonhar: ele leva uma vida completa, feliz e saudável. Ele conseguiu se libertar dos fantasmas de sua infância, e quando as pessoas o encaram, ele as encara de volta com um olhar desafiador. A organização de caridade “Adelaide Now” ficou sabendo sobre Zackary e Jono, e ofereceu ao britânico de 30 anos a oportunidade de viajar para a Austrália. Jono aceitou a oferta imediatamente e pegou o avião para conhecer Zackary. Quando os dois se encontraram, o sonho do menino se transformou em realidade. Os dois se deram bem desde o começo. Jono não visitou apenas Zackary, mas também outras crianças, de modo a conscientizar as pessoas quanto à condição do garotinho.


“Nós queremos atingir todos aqueles que dizem que nós não podemos fazer isso ou aquilo porque nós não temos valor. Se você acreditar em você mesmo e tiver uma atitude positiva, você pode fazer o que você quiser.”


Jono deu esperança à Zackary. Ele decidiu se submeter a uma cirurgia no ano seguinte para alargar o diâmetro de sua traqueia, de modo que ele possa respirar sozinho. A operação é arriscada e complicada e, entre outras coisas, a mandíbula de Zackary precisará ser quebrada para que ela seja feita. Apesar disso, o menino sabe:


“Quando você acredita em você mesmo e tem uma atitude positiva, você pode fazer qualquer coisa.”



A história de Zackary e Jono dá coragem a muitas pessoas que sofrem da mesma doença para encarar suas dificuldades diárias. O otimismo com o qual os dois enfrentam cada novo dia é extraordinário. Eu, sinceramente, não sei como enfrentaria uma situação dessas. Compartilhe esta bonita história com outras pessoas para mostrar como elas podem encarar situações similares com atitude e coragem.

Não Acredito

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário