Páginas

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Homem foi trabalhar no jardim normalmente. Horas depois ele estava entre a vida e a morte



Tentamos não nos concentrarmos sobre os perigos que espreitam em cada esquina, mas o fato da questão é, o mundo pode ser um lugar muito assustador quando ele quer ser. E, às vezes, as maiores ameaças são as mais silenciosas e sutis.
Uma família na Flórida, EUA, aprendeu isso recentemente da maneira mais difícil quando John Clark saiu para fazer jardinagem em um dia aparentemente comum.
E um dia comum, um pai feliz e saudável chamado John Clark foi à jardinagem do lado de fora de sua casa em Tampa Bay, Flórida, quando ele foi picado quatro vezes por vespas amarelas. As picadas doeram, mas ele foi capaz de caminhar de volta para dentro da casa, aparentemente bem.


Depois que sua esposa pegou um cubo de gelo, ele começou a agir estranhamente. Ele estava experimentando dormência e dificuldade em respirar, e se engasgava muito ao tentar falar, até que sua respiração ia ficando mais e mais difícil.
Quando os paramédicos chegaram, John já não estava mais respirando.


“Eu fiz tudo que eu podia fazer. Mas ele não sabia e eu não sabia [que ele era alérgico]”, disse Julie, esposa de John.
Os médicos tentaram reanimá-lo, mas não foram capazes, e menos de uma hora depois que ele foi picado, John tinha morrido de anafilaxia, uma condição alérgica muito grave.
Quando o corpo é exposto a substâncias que ele considera perigosas, ativa seu sistema imunológico, que produz anticorpos. No entanto, algumas pessoas tem uma reação exagerada do próprio corpo a substâncias ordinariamente inofensivas, produzindo sintomas de alergia. Em geral esses sintomas são incômodos, mas não causam perigo de morte. Contudo, algumas pessoas podem desenvolver essa hipersensibilidade, tendo reações alérgicas severas que levam à anafilaxia.

Curingo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques