Páginas

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Feto se agarra ao médico, de dentro do útero, durante uma cirurgia. Veja o que aconteceu com o bebê depois de 16 anos


Esta imagem circulou pelo mundo há quase 17 anos. Em Agosto de 1999, uma equipe médica em Nashville, Estados Unidos da América, fez uma cirurgia na grávida Julie Armas, mais especificamente, no feto de 21 semanas em seu útero.
Antes mesmo do nascimento, o bebê havia sido diagnosticado com espinha bífida, uma deformidade na coluna. Para corrigir este defeito, os médicos decidiram fazer uma inovadora cirurgia pré-natal. Durante a operação, o bebê colocou a mão para fora do útero e agarrou o dedo do médico! Até hoje, esta foi a interação com o ser humano mais prematuro já gravada. Quase quatro meses depois, e graças ao sucesso da cirurgia, Samuel Armas nasceu, em dezembro de 1999.


Samuel, hoje é um jovem de 16 anos. Ele usa aparelhos nas pernas e precisa de cadeira de rodas para longas distâncias. Mas, fora isso, ele está indo muito bem e pode correr normalmente. Ele também ama nadar e jogar basquete. 


Twitter/Sam Armas

É fascinante ver que este jovem, a quem chamaram de "Mãos da Esperança", está prestes a se tornar um adulto.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário