Páginas

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Ela paga café para um mendigo na rua. Quando ele vai embora, deixa um bilhete de arrepiar


Imagem de reprodução
O homem perambulava pelas ruas batendo nas janelas dos outros. Casey o observou um momento e continuou seu caminho até uma cafeteria que ficava na outra esquina. Esperou na fila, fez seu pedido habitual e se sentou em uma das mesas. Então, viu novamente o homem.
“Ele estava de pé e olhava os preços. Eu o vi contar as moedas que ele tinha conseguido na rua, para ver se conseguia comprar algo. Então eu cheguei perto e comecei a conversar. De começo ele foi bem frio, creio que tenha sido porque ninguém nunca conversava com ele. Não sei o que me levou à fazer aquilo, mas foi um impulso, algo assim. Lhe ofereci um café com torradas e ele aceitou de imediato.” Casey continuou conversando com o mendigo por um bom tempo, ele lhe fazia perguntas e ela respondia com animação.
O homem estava bem sujo e tinha toda sua roupa envelhecida, falava em voz baixa e assustado. “Me contou que seu pai o havia abandonado ao nascer e que sua mãe morreu pouco tempo disso, vítima de um câncer. A história era terrível e eu me angustiei muito. Mas ele desfrutava de seu café como se não tivesse tomado um há anos.” O mendigo admitiu que a única coisa que ele queria em sua vida era poder dar orgulho para sua mãe. “Não consegui”, disse entristecido. “Realmente não sei porque ofereci o café da manhã, desconheço as razões que me motive a falar com você. Isso me gera muitas curiosidades”, assegurou Casey. 
Depois de mais de uma hora de conversa, ela se deu conta que estava atrasada para sua aula.“Tenho que ir”, disse e se despediu do novo amigo. O mendigo percebeu que o carinho que ela o havia oferecido era muito sincero. Enquanto chorava, entregou um bilhete com um recado. Deixou na mão da moça e foi embora. Ao ler o que dizia no papel, Casey ficou paralisada. “Hoje eu ia me matar, mas graças à você eu não farei isso. Eu agradeço, você é uma pessoa linda”. 
(Via agencia de noticia)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques