Páginas

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Após horas na caverna, ele olhou para o teto. Ninguém podia acreditar no que ele fotografou.


A Nova Zelândia é há tempos um movimentado ponto turístico, especialmente quando "O Senhor do Anéis" foi filmado lá. Mas muitos visitantes não sabem sobre uma incrível área natural com cavernas no chamado Distrito Waitimo. Este lugar dá de 10 a 0 em qualquer filme de fantasia. O fotógrafo Shaun Jeffers foi lá explorar o que estas cavernas têm a oferecer. Ele ficou hipnotizado com o visual interessante desde o princípio: teias transparentes estavam penduradas no teto de calcário.


Shaun continuou seu trajeto pelo interior da caverna e, de repente, se deparou com uma noite estrelada bem dentro da Terra. As luzes estavam refletidas na água que corria dentro da gruta.



O que parece ser milhares de luzes de LED no teto da caverna, é, na verdade, algo natural: Não são vagalumes, mas um tipo especial de mosquito que brilha no escuro por causa da bioluminescência, isto é, uma reação bioquímica nos sistema orgânico do inseto.


Tanto a forma adulta quanto a larva possuem estes "órgãos luminosos".


A larva transparente e luminosa fica pendurada em fios de seda, parecendo luzes de natal entre os insetos.


Shaun não podia crer. Ele queria muito capturar este incrível show de luzes, mas teve um problema técnico: a qualidade ruim de iluminação significava que ele teria que esperar um longo tempo até conseguir uma boa foto.


Shaun passou de 6 a 8 horas por dia sentado na água fria com sua câmera para conseguir registrar estas imagens. Ele levou um ano inteiro para terminar este projeto, mas quando viu o resultado das imagens, ele sabia que definitivamente havia valido a pena.


Você nem sempre precisa ir ao cinema para descobrir novos mundos. Às vezes a mágica esta debaixo do seu nariz, ou pés. E também não tem que ser na Nova Zelândia. Se você quiser poupar tempo e dinheiro, explore as maravilhas naturais do lugar aonde você mora, ou tente conseguir um desses bichinhos fascinantes.

Não Acredito
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário