Páginas

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Você vai surpreender-se quando souber o que é esse Domo


Cerca de 24 km a noroeste da cidade de Norwich, no norte de Norfolk, Inglaterra, encontra-se os restos abandonados de RAF Langham, uma antiga base da Força Aérea Real. Foi fundada em 1940 como um campo de pouso de emergência e depois uma estação de satélite. Localizado perto do Mar do Norte, era uma base costeira de comando encarregada de destruir navios alemães. Agora está cercado por um campo de grama, alguns edifícios quebrados, uma pista de pouso e um domo de concreto preto e misterioso que é tudo o que restou da antiga base.

Até poucos anos atrás, ninguém sabia para o que domo era usado. Alguns pensaram que era usado para treinamentos de navegação durante a noite. Outros achavam que ele foi usado como um centro de treinamento de ataque de torpedos. Alguns até sugeriram que ele foi construído por Bernard Matthews para criar uma fazenda.
O domo era de fato um centro de treinamento secreto, mas não para ataque de torpedos ou a navegação noturna, mas para treinar artilheiros anti-aéreos para abater aviões inimigos. Ele foi um dos 43 domos construídos em todo o país. Mas o que está em Langham é apenas uma das seis que restou até hoje, e é o único que é acessível ao público.
O Domo de Langham tem 7 metros de altura e 40 de largura. Os equipamentos de projeção dentro do domo executavam filmes de aeronaves e bombardeios que faziam ataques simulados projetados nas paredes interiores do domo. As imagens eram transferidas em torno do domo utilizando um complicado sistema de câmeras, espelhos e sons criando uma experiência realista para que os soldados que se sentavam no meio do domo pudessem ver.
O domo foi projetado pelo oficial da marinha Henry Stephens. Stephens estava sentado em um teatro noticiário e assistiu um filme de soldados atirando em aviões, quando começou a se perguntar como os artilheiros foram treinados e como eles poderiam ser tornar mais eficazes. Eventualmente, a ideia do domo chegou até ele.



Curingo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques