Páginas

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Não seja ludibriado por operadoras: Entenda a diferença entre 'mega', megabit e megabyte


Imagem de reprodução
Quando você vê qualquer anúncio de operadoras de internet (fixa ou móvel, tanto faz), ou conversa com algum atendente, é sempre a mesma história. Seu pacote lhe dá direito a “X mega” de velocidade de transferência de dados, o que é uma forma muito discreta de não dizer nada.

O consumidor geralmente tem mais familiaridade com tamanhos de arquivos, medidos em bytes, megabytes e gigabytes. Então, quando alguém lhe fala “10 mega por segundo” de velocidade, ele deve imaginar que um arquivo de 10 megabytes será baixado em 1 segundo, o que não é, nem de longe, verdade. Isso porque velocidades de transferência são medidas em bits por segundo, não em bytes.
É fácil confundir, mas também é fácil entender a diferença, uma vez que você vai para os conceitos mais básicos da informática. O bit é a unidade mais simples de armazenamento, enquanto o byte é o equivalente a 8 bits. Isso significa que um megabit é 8 vezes menor do que um megabyte.
Para colocar isso em números, o kilobyte vale 1.024 bytes (8.192 bits) e um kilobit vale 1.024 bits. A diferença se mantém no famigerado megabit: o megabyte vale 1024 kilobytes (8.388.608 bits) e o megabit são 1.024 kilobits (1.048.576 bits).
Resumindo: aquele arquivo de 10 megabytes em uma conexão de 10 “mega por segundo” não vai ser baixado em 1 segundo, e sim em 8 (supondo que ele seja baixado na velocidade máxima do pacote). Pode não parecer muita diferença, mas quando os downloads ficam maiores, na casa dos gigabytes, a paciência do usuário começa a ser testada. Ao baixar 10 gigabytes em uma conexão de 10 megabytes por segundo, o arquivo estaria pronto em 1024 segundos, o que são 17 minutos e 4 segundos. Quando estamos falando em 10 megabits por segundo, o mesmo download, logicamente, levaria 8192 segundos, o que totaliza 2 horas, 16 minutos e 32 segundos.
Então, o “mega” é uma unidade de medida inexistente que engana muitos consumidores e os leva acreditar que estão contratando um serviço de internet 8 vezes mais rápido do que realmente é. Muitos ficam insatisfeitos com o pacote contratado e não sabem o motivo, e esta pode ser a explicação. 

Informações: Olhar digital 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário