Páginas

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Marido de atriz que defende o PT e governo Dilma ganhava cinco vezes mais que diretor na EBC



Imagem de reprodução
A estatal Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) cuja finalidade é reportar as ações do governo mantendo de forma transparente atualizadas as ações e investimentos do Governo Federal, mantinha em seus quadros diversos profissionais do ramo de televisão. Quando a presidente Dilma Rousseff foi afastada pelo Senado o novo presidente Michel Temer ordenou levantamento na estatal EBC para apurar o quadro de funcionários e os custos operacionais.

A estatal Empresa Brasil de Comunicação (EBC), responsável pela TV Brasil, foi transformada em cabide de boquinhas para amigos de Dilma, do antecessor Lula e do PT. Milhões de reais dos contribuintes foram desperdiçados em programas de amigos petistas. Um deles, o diretor de teatro Aderbal Freire Jr, casado com a atriz Marieta Severo, recebia R$ 91 mil por mês, cinco vezes mais que o presidente da própria EBC.
Era comum na EBC o traço petista em suas reportagens. Repórteres e âncoras se dirigiam a presidente Dilma como “presidenta”, termo não utilizado em programações jornalísticas de outras emissoras.


Informações: Brasil verde e amarelo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário