Páginas

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Tico Santa Cruz não paga por poltrona e após confusão, polícia federal o expulsa do avião ; assista


Imagem de reprodução

Veja a confusão que o músico, Tico Santa Cruz, conhecido nas redes sociais, por defender o governo Dilma e o PT, arrumou dentro de uma aeronave da Gol, que saia do aeroporto de Congonhas em São Paulo, com destino à Maringá, Paraná.









Segundo depoimento do próprio músico, em vídeo postado no Facebook, a polícia federal o expulsou por ordem do comandante. 
Tico Santa Cruz, comprou um bilhete convencional mas queria utilizar uma poltrona especial.
Em nota, a GOL afirma que as sete primeiras fileiras das aeronaves da companhia “são diferenciadas em relação aos demais assentos, pois oferecem espaço ainda maior entre as poltronas e reclinação do assento. Esses assentos estão identificados no mapa da aeronave com cores diferenciadas e podem ser adquiridos por um preço adicional nos canais de venda da companhia ou no momento do check-in”.
A GOL também disse que “a recusa do cliente gerou atraso na decolagem do voo e necessidade de acionamento da Polícia Federal”. “A companhia reforça que não faz distinção entre passageiros e pratica as mesmas normas para todos os clientes.”



Assista ao vídeo:








Redação: Caveirinha com informações de G1

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques