Páginas

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Professora de creche e advogado são presos por pedofilia no Rio


Imagem de reprodução
Um homem de 63 anos foi preso em flagrante por pedofilia, no Grajaú, Zona Norte do Rio, conforme mostrou o Jornal Nacional nesta quarta-feira (27).
Cumprindo mandado de busca e apreensão, policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav) encontraram na casa fotos do homem com crianças.

Segundo a polícia, ele contava com o apoio da professora de uma creche em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para praticar os crimes. Ele aliciava as crianças e as levava para motéis. A professora, de 39 anos, foi presa no final da tarde e teve a prisão temporária decretada pela Justiça.
Casado e paí de dois filhos, o advogado e contador usava as redes sociais para manter contato com a mulher, de acordo com informações da polícia.
Ela enviava fotos e vídeos das partes íntimas das crianças para o homem e, também pela internet, ajudava a marcar encontros dele com as vítimas. Ainda de acordo com a polícia, a mulher aparece abusando de uma menina que aparenta ter quatro anos dentro da creche. No material apreendido na casa do advogado, os policiais encontraram fotografias de 2007 que mostram ele e a professora abusando de outra menina.

Advogado foi preso em casa, suspeito de pedofilia, durante ação policial na manhã desta quarta-feira (27) no Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)

A delegada Cristiana Bento, titular da Dcav, disse que os crimes ocorriam desde 2007. "Ela era professora e se utilizava desse seu ofício para aliciar as crianças e oferecer a esse advogado, temos várias imagens delas enviando foto das crianças dentro da creche para o advogado", explicou
Na delegacia, os dois negaram as acusações. Para o Jornal Nacionnal a mulher negou ser aliciadora, mas ao ser perguntada sobre fotos em que aparecia com crianças nuas ela disse que foi uma única vez. "Crianças, não, uma única criança, só, foi uma única vez", disse.

Informações: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques