Páginas

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Preso: "Pai Donato”, dono de seita, castrava seus seguidores a maioria jovens


Imagem ilustrativa
Uma seita que utilizava de métodos religiosos e uma boa conversa atraiu centenas de jovens que desejosos da “Palavra da vida”, conforme anunciava seu fundador Donato Brandão Costa, 45 anos.”
Com o passar do tempo os jovens começaram a notar que o pregava era bem diferente daquilo que o líder praticava. Até que a polícia entrou no caso e descobriu a mutilação de diversos frequentadores do lugar.
O caso aconteceu no Maranhão, no Nordeste do país, na década de 90. 
Condenado a 37 anos de prisão por lesão corporal de natureza gravíssima, dentre outros crimes, ele foi beneficiado com o regime semiaberto em 2009, após ter cumprido pouco mais de dez anos. Contudo, a Vara de Execuções Penais fluminense ordenou regressão da pena para o regime prisional e expediu um mandado de prisão que foi cumprido ontem à noite. 
Conhecido como Pai Donato, ele foi preso na sala de aula de uma faculdade do município da Região Serrana. De acordo com as informações, o homem cursava Direito e morava na cidade com aproximadamente 15 pessoas, quase todos maranhenses e seguidores de sua fé.

Brasil verde e amarelo

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques