Páginas

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Atenção mulheres! Ficar tempo demais sentado pode causar câncer de mama


Imagem de reprodução
Uma vida sedentária não faz bem para ninguém, mas para as mulheres, permanecer sentado por muito tempo pode ser ainda pior. De acordo com uma nova pesquisa realizada na Suécia, as mulheres que ficam mais tempo sentadas trabalhando ou passando o tempo têm uma tendência maior a desenvolver câncer de mama.
Pesquisadores analisaram informações de mais de 29 mil mulheres suecas com idades entre 25 e 64 anos, que não haviam apresentado câncer antes do início do estudo. As mulheres foram acompanhadas por 25 anos. As participantes do estudo foram divididas em dois grupos: aquelas que possuíam um trabalho sedentário (como trabalhar em um escritório) e não praticavam esportes; aquelas que tinham um emprego sedentário mas faziam exercício; e aquelas que tinham trabalhos que exigissem atividade física e ainda por cima realizavam exercícios com regularidade.
As mulheres que não eram ativas fisicamente em seus trabalhos ou tempo livre, foram 2,4 vezes mais propensas a receber um diagnóstico positivo para câncer de endométrio e de mama antes da menopausa, comparadas com aquelas que eram ativas em seus empregos e tempo livre. Não houve ligação entre a inatividade e o acréscimo de risco para o desenvolvimento de câncer após a menopausa.
As pessoas que trabalham em escritórios podem realizar pequenas atividades durante o dia que reduzem seu tempo sentado, como levantar para pegar café ou caminhar até o trabalho, disse Anna Johnsson, uma das autoras do estudo e fisioterapeuta da Universidade de Lund, na Suécia.
Os achados combinam com estudos anteriores que haviam encontrado uma ligação entre a inatividade e o risco de câncer. Um estudo de 2014 descobriu que cada duas horas passadas sentadas durante o dia estavam ligadas com um aumento de 10% no risco de desenvolvimento de câncer do endométrio em mulheres e 8% de risco de desenvolver câncer de cólon.
Um estudo de 2011 estimou que ser sedentário estavam entre as causas de mais de 49 mil casos de câncer de mama por ano nos Estados Unidos (onde são diagnosticados 230 mil casos por ano, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer dos EUA). Alguns estudos indicam que ter “pausas” durante o dia para se movimentar por aí reduz os níveis de moléculas no sangue que são ligadas com o risco de câncer.
O novo estudo foi apresentado essa semana em um encontro da Associação Americana para a Pesquisa de Câncer, na Philadelphia.

Curingo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques