Páginas

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Mulher que já temia assalto é morta na frente da filha de 15 anos no RS


Mulher morta na frente da filha no RS havia relatado medo de assalto. Irmã diz que Andréa relatou recentemente medo de ser assaltada na rua. Ela foi abordada ao deixar amiga da filha em casa em São Leopoldo.


Vitima foi morta quando deixava amiga da filha em casa (Foto: RBS TV/ Reprodução)

A funcionária pública Andréa Costa da Silva, 53 anos, morta na frente da filha na noite de segunda-feira (8) em São Leopoldo, no Vale do Sinos, Rio Grande do Sul, havia relatado recentemente a familiares o medo de se tornar mais uma vítima da violência.
“Esta semana a gente tinha conversado sobre isso. Ela esteve na minha casa e disse: 'eu fiquei te chamando aqui porque estou com medo de ser assaltada'”, disse a irmã, Kátia Bender da Costa, ao G1.
Andréa foi abordada por dois homens após sair do carro ao deixar a amiga da filha de 15 anos em casa. Ela desceu para tentar proteger as duas e acabou atingida com um tiro no peito. Os bandidos fugiram com o veículo.
Elas resolveram antecipar a volta da praia para a noite de segunda-feira para evitar o congestionamento esperado para esta terça (9).
Ainda não se não sabe ao certo o que aconteceu, até porque as testemunhas são as duas adolescentes ainda em choque por conta do que viram. “As meninas ainda estão em choque, por isso ainda não dá para saber ao certo o que foi que aconteceu”, explicou Kátia.
Pela manhã, a família dava prosseguimento aos trâmites legais para a liberação do corpo para que Andréa seja velada e depois sepultada

Informações G1 RS
.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques