Páginas

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Laércio do BBB é acusado de praticar pedofilia e TV Globo é alertada


Imagem de reprodução
Um dia depois ter sido chamado de pedófilo por Ana Paula, Laércio decidiu tomar providências e pediu para conversar com a produção do "BBB16". O designer desabafou com Daniel, Tamiel, Alan e Renan no fim da tarde deste domingo (31), poucos minutos após ter acionado a produção do programa.





Revoltado, ele avisou que irá processar a jornalista fora da casa e contou que pretende pedir sua expulsão, caso consiga enquadrar a acusação da sister em uma das proibições do reality. De acordo com as regras de conduta do programa, os participantes não podem ofender alguém com o objetivo de provocar uma agressão física.

"Vim pedir a opinião de vocês. Eu vou tomar uma atitude. Pedi para ser atendido no confessionário. A ofensa [da Ana Paula] foi muito grave. Eu esperava um pedido de desculpas, mas não aconteceu. Então vou verificar com relação a uma das regras [do programa], sobre um participante provocar o outro intencionalmente, com o objetivo de ser agredido fisicamente. Depois vou pedir ajuda pra Adélia. Isso cabe uma ação judicial para eu ter uma reparação por calúnia, injúria e difamação. Estou muito revoltado com isso. Estou me sentindo arrasado. Não vou aceitar isso, não", disse o curitibano.

Depois de ouvir o desabafo, os brothers Daniel, Tamiel, Alan e Renan foram unânimes em apoiar a decisão de Laércio e criticar a postura de Ana Paula. Daniel sugeriu que Laércio solicitasse o direito de resposta durante o programa ao vivo, já que a acusação foi muito grave. "Eu dei a chance dela pedir desculpas", destacou o líder da semana. "Isso não se faz. Senão, vira um vale-tudo, sem regras. Se ela é patricinha, com a 'cabecinha de girico' que eu acho que ela tem, ela tem que ser responsabilizada por isso. Com certeza eu serei sua testemunha", disse o empresário. 

Renan também concordou com a conduta de Laércio e afirmou que não teria conseguido manter a calma se tivesse passado pela mesma situação: "Eu entendo, cara, eu estouraria na hora. É muito forte [essa acusação]. Não sei o que faria se fosse comigo". 
Extremamente abalado, Laércio caiu no choro e foi consolado pelos amigos. "Não tenho condições psicológicas para conviver com uma pessoa que fez uma calúnia e injúria para a minha pessoa", disse. "Eu me sinto lesado. Meu coração está apertado. Precisava saber da opinião de vocês. Não estava conseguindo me comunicar com ninguém. Ela abalou a minha honra. Isso é um crime. Eu tenho o maior nojo do mundo [de pedófilos]. Para mim, todo pedófilo merece morrer", completou.

A acusação

Adepto do "poliamor", Laércio assumiu que mantém um relacionamento com duas meninas e uma delas é menor de idade. O designer de tatuagens também declarou que "gosta mesmo das novinhas". Mesmo depois de ter sido aconselhada por Daniel a se desculpar com o brother, Ana Paula reiterou sua opinião e disse que, para ela, quem mantém relações sexuais com menores de idade é pedófilo.

Mais sobre o caso:
Informações UOL
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário