Páginas

sábado, 12 de dezembro de 2015

Homem que sofria com crise financeira coloca fogo na casa e se mata junto com a mulher


Bombeiros combatem o incêndio na casa / Marcio Ribeiro / Brazil Photo Press/Folhapress
Um casal morreu carbonizado, na madrugada deste sábado, na região de vila nova Cachoeirinha, zona norte de São Paulo, após o homem ter um surto e atear fogo na própria casa. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio ocorreu na Rua Domingos José Sapienza, na Vila Amália, por volta das 5h15. As chamas foram controladas cerca de três horas depois.

Através de preliminares, o casal teria brigado e, depois disso, o homem teria decidido atear fogo na casa, por volta das 5h. Oito viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas para atender a ocorrência.
Após controlar as chamas, os bombeiros encontraram os corpos carbonizados. O homem, de 61 anos, estava na sala e sua esposa, de 47, em um dos quartos. A mãe da mulher, que mora em uma casa nos fundos, não ficou ferida.
O casal tem uma filha de 17 anos, que estava na casa na hora da discussão, mas conseguiu fugir a tempo. Ela pediu socorro na rua, e um porteiro ligou para a polícia, que chegou pouco depois do incêndio.
De acordo com vizinhos, Gilberto passava por dificuldades financeiras. A proprietária do imóvel relatou à reportagem que o aluguel da casa estava atrasado havia um ano. O sobrado ficou totalmente destruído.
Segundo um capitão do Corpo de Bombeiros, a filha está em poder da corporação. O local para onde a jovem foi levada não foi divulgado.
Os corpos deverão ser encaminhados ao IML Central. O caso deverá ser registrado no 38º Distrito Policial (Vila Amália).


Fontes: Diário de São Paulo / Uol
Jhony do Curió
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário