Páginas

domingo, 6 de dezembro de 2015

Fugitivo da fundação casa bate o carro em alta velocidade e morre; veja o vídeo


Imagem de reprodução
Imagens de câmeras de monitoramento registraram o momento de uma violenta colisão que resultou na morte de uma pessoa em Santos, no litoral de São Paulo, na madrugada deste sábado (5). Outras três pessoas estavam dentro do carro, mas sobreviveram após terem sido retirados de carro em chamas com a ajuda de moradores.


Assista ao vídeo:




O acidente aconteceu por volta das 4h, no bairro Jardim Piratininga. Dois veículos estavam emparelhados, em alta velocidade, quando o motoristas de um deles perde o controle do automóvel e colide violentamente contra um muro.
Nas imagens, é possível ver os dois veículos, um ao lado do outro, em uma avenida de mão dupla. Um deles sai da pista, colide contra o muro e um clarão é visto. Pouco depois o carro começa a pegar fogo.
Funcionários de empresas próximas ao local do acidente tentaram resgatar as vítimas, que ficaram presos no carro. Um dos rapazes, que estava no banco de trás, não conseguiu escapar e morreu. O carro foi completamente consumido pelas chamas.

Arma foi encontrada dentro do carro que disputou
suposto racha (Foto: G1)
Investigação

De acordo com a Polícia Civil, a principal linha de investigação é de que os dois veículos envolvidos no acidente participavam de um racha. Dentro do veículo que ficou destruído a polícia encontrou uma arma de chumbo e munição.

Apenas após a perícia será possível determinar qual era a velocidade exata do veículo que colidiu. No entanto, os investigadores acreditam que o carro estava acima de 100 km/h. O motorista não tinha habilitação e pode responder por homicídio culposo.
No carro, haviam quatro pessoas: um adolescente de 16 anos, dois jovens de 18 e um de 19. Todos eram moradores da Vila dos Pescadores, em Cubatão.

Desabafo
A vítima fatal havia completado 18 anos recentemente e era um dos 42 fugitivos da Fundação Casa em Santos, em julho deste ano. Segundo o pai do rapaz, o aposentado José Ribeiro da Silva, seu filho era bastante carinhoso com a família.


Polícia investiga se carro estava envolvido em racha em Santos, SP (Foto: Adriana Cutino / G1)
"Eles [jovens] pensam que o pai está velho, que não sabe o que fala. Sei que perdi meu filho, e ele era muito bom para mim. Quando chegava em casa, sempre me abraçava, perguntava como eu estava. Agora, esse amor e carinho acabou", disse.

Pai de rapaz que morreu em suposto racha chorou ao relembrar do filho (Foto: G1)

As informações são do G1




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques