Páginas

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Avião pega fogo na pista de aeroporto na Flórida (EUA)


Imagem de reprodução / Internet
Um avião da empresa aérea Dynamic Airways, que iria dos EUA para a Venezuela, pegou fogo na pista do aeroporto de Fort Lauderdale, no Estado americano da Flórida, nesta quinta-feira (29). Segundo informações dos bombeiros, 14 passageiros teriam ficado feridos e foram encaminhados a hospitais da região.





Veja o vídeo:



Veja o vídeo gravado de dentro de uma outra aeronave por um cinegrafista amador: 




O porta-voz do gabinete do xerife do condado de Broward, Mike Jachles, disse à MSNBC que 101 pessoas, incluindo a tripulação, estavam a bordo da aeronave. "Parece que a maioria das lesões não eram graves. Há um que chamamos de 'vermelho', que é potencialmente grave, o restante parece ser menos grave", disse ele.

"Me disseram que um dos motores pegou fogo quando o avião se preparava para decolar", disse o porta-voz do aeroporto, Greg Meyer. Segundo ele, os passageiros foram retirados pelas saídas de emergência em segurança, mas alguns deles se feriram. As chamas foram apagadas pela equipe de resgate do aeroporto.

O Boeing 767 seguia para Caracas e aguardava o momento para decolagem quando a tripulação de outra aeronave informou ter visto um vazamento de combustível na aeronave da Dynamic. Minutos depois, as chamas foram vistas em um dos motores.

Em nota, a empresa afirmou que os pilotos perceberam a tempo que algo estava errado na aeronave. "Durante a manobra, a tripulação deu conta de um problema no motor e seguiu os procedimentos de emergência, desligou o motor e esvaziou o avião para garantir a segurança de todos a bordo", disse a aérea. A companhia confirmou ainda que está organizando alojamento e transporte para os passageiros.

A Dynamic é uma pequena empresa de voos fretados que liga as cidades de Fort Lauderdale e Nova York, nos EUA, a Venezuela e a Guiana. A companhia tem base em Greensboro, na Carolina do Norte (EUA), e começou a operar voos para a Venezuela em julho deste ano. Ela é muito procurada por venezuelanos, já que é uma das poucas empresas internacionais que permite o pagamento das passagens aéreas com bolívares (moeda da Venezuela) e oferece uma franquia de bagagem de 32 kg. (Com Reuters)


Fonte: Reuters e Uol

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques